Este site utiliza cookies para lhe garantir uma melhor experiência. Você pode revisar as configurações de cookie do seu navegador.
compre com pontos
Como juntar mais pontos?

O que são milhas e como usá-las nos dias de hoje?

Você pode conhecer alguém que sempre compra tudo no cartão de crédito para acumular pontos. Mas você sabe o que são milhas e por que tanto se fala nelas?

E em tempos de crise, quando não rola viajar, para que elas servem? Faz sentido participar de programas de fidelidade mesmo assim?

Finalmente chegou a hora de acabar com todas as suas dúvidas!

Veja, abaixo, quais são os tópicos que você vai encontrar no conteúdo:

O que são milhas aéreas?

Com o objetivo de oferecer uma retribuição para os clientes mais fiéis, as companhias aéreas possuem programas de milhas. Ao se inscrever em um deles, cada vez que a pessoa viaja em voos da empresa ela acumula milhas aéreas.

Portanto, o que são milhas? Basicamente, pontos usados para viajar de avião.

Dessa forma, quanto mais o cliente viaja com a mesma companhia mais milhas ele vai ter, sendo incentivado a não voar com as empresas concorrentes. As milhas geradas por cada voo variam de acordo com alguns fatores, como valor da tarifa, distância, trecho e classe da cabine.

Com as milhas acumuladas, é possível “pagar” parte do valor ou, quando se tem uma boa quantidade, o valor integral de novas passagens aéreas.

Diferenças entre milhas e pontos fidelidade

A confusão entre os dois é bem comum. Como saber o que são milhas e o que são pontos fidelidade? A ideia não é sempre trocá-los por alguma outra coisa?

Sim, a proposta é bem parecida. No então, eles têm as suas diferenças.

Enquanto as milhas são oferecidas pelos programas das companhias aéreas, os pontos fidelidade são gerados a partir de compras feitas no cartão de crédito. Quanto mais você gastar no cartão mais pontos vai acumular. Há quem prefira passar tudo no crédito por esse motivo, já que depois os pontos podem ser trocados por produtos, serviços e até milhas aéreas.

Como acumular milhas?

Entender o que são milhas é o primeiro passo para começar a usufruir dos benefícios que elas podem lhe proporcionar.

A primeira coisa que você vai precisa fazer é se cadastrar nos programas de fidelidade das companhias aéreas, como o LATAM Pass ou TudoAzul. Então, toda vez que comprar uma passagem é necessário colocar seu número de identificação.

Outra possibilidade é transferir os pontos do cartão de crédito para o programa de milhas da sua escolha. Nesse caso, você deve conferir antes se existe uma parceria entre a companhia aérea e o seu cartão para conseguir resgatar os pontos.

Além disso, as companhias aéreas também costumam ter parcerias com grandes lojas, oferecendo mais uma vantagem para o cliente. Ao comprar em uma loja parceira, você também acumula milhas.

O que são programas de fidelidade?

Mais do que saber o que são milhas, você agora deve estar querendo entender o que são os tais programas de fidelidade. Como o nome diz, eles têm o objetivo de fidelizar os clientes.

Fique sabendo que não são apenas as companhias aéreas que usam essa estratégia e fazem parte do mercado de fidelidade. Como já foi mencionado aqui, também existem programas associados aos cartões de crédito. Geralmente eles são oferecidos pelos bancos.

Há ainda os programas criados a partir de uma parceria entre bancos diferentes, postos de gasolina, operadoras de telefonia, redes de lojas, entre outros. Para participar, é necessário sempre cadastrar-se em cada um deles.

Quais são os melhores programas de fidelidade?

Pergunta difícil essa! Afinal, não existe uma resposta única para todo mundo. Cada programa oferece mais vantagens para determinado perfil de consumidor. Ou seja, você precisa escolher aquele que melhor atende às suas necessidades.

Se você não tem um carro para abastecer, por exemplo, não faz muito sentido se cadastrar no programa de fidelidade de um posto de gasolina.

Outro ponto importante é verificar as parcerias que os programas de fidelidade têm. Quanto mais empresas parceiras maiores são as suas chances de acumular pontos.

Como usar as milhas e pontos? 

Para além de saber o que são milhas, é essencial aprender qual é a melhor forma de usá-las. 

Por conta da crise que pegou o mundo todo de surpresa, muitas decisões tiveram que ser reavaliadas. O que começou como um problema de saúde, rapidamente afetou outros setores da economia.

Assim, quem já tinha planos do que fazer com os pontos do cartão de crédito precisou buscar alternativas. Veja o que você pode fazer com eles:

Vender pontos

Está precisando de grana? Nesse caso, a venda de milhas e pontos pode ser uma boa opção. Diante da crise econômica, tem gente vendendo os pontos acumulados para conseguir uma renda extra.

Existem sites especializados, em que você pode cadastrar-se e informar a quantidade de pontos ou milhas que possui para vender. Depois disso, eles te enviam a cotação.

Mas, vale lembrar que quando a demanda por passagens aéreas é baixa, o valor das milhas cai. Portanto, veja se compensa de verdade. Dependendo do caso e se você não estiver precisando muito de dinheiro, pode ser melhor esperar um pouco.

Acumular pontos

Outra opção é continuar acumulando pontos para usar depois. Essa é uma escolha para quem pensa mais a longo prazo, pretende fazer uma viagem no futuro e não precisa de grana por enquanto.

Para os especialistas, vale mais a pena acumular do que vender. Isso porque tanto as milhas quanto os pontos podem ser usados mais para frente. 

Trocar pontos

Nem sempre a pessoa tem uma quantidade de pontos suficiente para viajar, mas isso não impede ninguém de usá-los. Nesse caso, uma ótima alternativa é trocar os pontos por produtos e serviços sem precisar sair de casa.

Para você ter uma ideia das possibilidades, saiba que é possível usar sua pontuação até para pedir comida pelo iFood e Uber Eats, fazer cursos online, usar os serviços de delivery de supermercado, como Carrefour e Pão de Açúcar, etc.

Qual é a melhor forma de usar as milhas e pontos durante a crise?

Caso as regras continuassem iguais, muitos clientes se dariam mal, já que poderiam perder os benefícios dos programas de milhas. Porém, a maioria percebeu a necessidade de mudar as regras para não perder seus clientes.

Dessa forma, se a intenção é usar as milhas para comprar passagens, a melhor saída é continuar acumulando e esperar as coisas voltarem ao normal. Até porque é provável que o setor de turismo faça boas ofertas para tentar recuperar-se.

Mas, se está apertado de grana ou não tem planos de viagem, avalie as opções de troca de pontos. Pode ser uma ótima forma de usar a pontuação que você já tem para adquirir produtos e serviços que precisa.

Vender as milhas e pontos acumulados também é uma opção, como foi dito antes. No entanto, é provavelmente que o custo-benefício não seja dos melhores. Fique atento para não sair perdendo.

Informações extras sobre milhas e pontos do cartão

Tirar todas as dúvidas sobre o tema, como por exemplo o que são milhas, é fundamental para usar esses serviços ao seu favor.

Mesmo depois de entender o que são milhas e como usá-las, talvez ainda tenham restado algumas dúvidas. Pensando nisso, dê uma olhada nas informações abaixo:

Milhas e pontos expiram

A maioria dos programas estabelece datas de validade para as milhas aéreas ou pontos acumulados. Por isso, é importante que você fique ligado nas regras dos programas nos quais se cadastrou para não deixar sua pontuação expirar.

No entanto, diante da crise, algumas mudanças aconteceram. Com isso, a maioria das pessoas teve que adiar planos de viagem, deixando de trocar as milhas por passagens e serviços.

Para diminuir os prejuízos, grande parte dos programas decidiram estender a validade das milhas. Mas, de qualquer maneira, vale a pena conferir todos os detalhes com a empresa responsável por cada programa.

Quanto valem as milhas?

A resposta é: depende. Assim como os preços de passagens aéreas variam conforme a demanda, o valor das milhas também. Se a demanda por passagens de uma companhia está alta, os pontos ligados ao programa de fidelidade dela passam a valer mais.

Portanto, para saber se compensa vender as suas milhas, o mais indicado é fazer uma cotação. Só assim você vai ter certeza sobre o quanto vale o seu saldo.

É possível “comprar” produtos com milhas e pontos

A gente falou aqui no post sobre a possibilidade de trocar pontos do cartão de crédito por produtos e serviços. Essa é outra opção interessante, já que algumas pessoas não têm o costume ou planos de viajar.

Mas, isso não é motivo para deixar de participar de programas de fidelidade e aproveitar as vantagens oferecidas por eles. Afinal, a variedade tanto de produtos quanto de serviços que podem ser adquiridos com pontos é grande.

Se você ainda não deu uma olhada no catálogo da Easy Live, faça isso agora!

Por conta da parceira da Easy Live com os principais programas de fidelidade do país, você consegue trocar seus pontos do cartão de crédito por:

Agora que você já sabe o que são milhas, que tal descobrir como um gift card funciona? Clique aqui e descubra isso e muito mais!

Publicado por Claudio Albuquerque

CEO da Easy Live. Doutor pela Escola de Política e Filosofia da UFERJ e oriundo do mercado de Corporate Finanças. É, atualmente, o executivo que responde pela área de estratégia e novos negócios da Easy Live.

Gostou?

Compartilhe

Deixe seu comentário