Este site utiliza cookies para lhe garantir uma melhor experiência. Você pode revisar as configurações de cookie do seu navegador.
compre com pontos
Dicas de Lazer

Webnamoro: como se relacionar de forma segura?

O webnamoro, ou namoro virtual, é um modo de se relacionar que existe há bastante tempo. No entanto, em tempos de isolamento social, ele se tornou uma alternativa de relacionamento para ainda mais pessoas.

Isso ainda é uma novidade para você?

Então, continue lendo para saber mais sobre webnamoro, como ele funciona, por onde começar e como namorar pela internet com segurança.

O que é webnamoro?

Webnamoro nada mais é do que o nome dado para o relacionamento amoroso à distância na era da internet. Graças às diferentes formas de interagir online – por texto, voz e vídeo – as pessoas podem manter um contato próximo mesmo estando em cidades e países diferentes.

Em algumas situações, os casais já se conheciam pessoalmente, mas tiveram que ficar fisicamente distantes por conta de mudanças, estudo ou trabalho. Porém, hoje também é bastante comum as pessoas se conhecerem pela primeira vez por meio de redes sociais, sites e apps de relacionamento.

Assim, a internet criou um novo jeito de conhecer gente nova. Nos aplicativos, por exemplo, os usuários podem colocar informações sobre gostos, interesses, carreira, hobbies. Tudo isso ajuda a dar o match perfeito.

De certa forma, é como se a tecnologia assumisse um papel de “consultora”, como faz Sima Taparia na série “Casamento à Indiana”, em que ela ajuda as pessoas a encontrarem um parceiro.

Apesar de o contexto ser bem diferente – o reality show acontece na Índia, onde existe a tradição do casamento arranjado – vale a pena assistir se você curte o tema.

Como funciona o webnamoro?

Tudo depende de cada caso. As pessoas que conseguem manter uma proximidade e que se acostumam a interagir com seus parceiros pelos meios digitais são as mais adaptadas à dinâmica do webnamoro.

Outras acabam sofrendo mais com a distância. Por isso, precisam se encontrar com maior frequência, dentro das suas possibilidades.

De uns tempos para cá, em que o mundo foi forçado ao isolamento social, o webnamoro acabou se tornando a melhor saída. De acordo com relatório do Tinder, a quantidade de swipes – o arrastar para cá ou para lá – tem aumentado cada vez mais.

Mesmo sem poder se encontrar pessoalmente, novos casais estão se formando com a ajuda dos apps. Tanto é que hoje dizer que você conheceu seu namorado ou namorada em um aplicativo de relacionamento já não é mais motivo de surpresa.

Por onde começar? 

Se você não tem familiaridade com o webnamoro, a primeira atitude importante é deixar os seus preconceitos de lado. Afinal, tem gente que acaba não se abrindo aos novos jeitos de se relacionar por puro receio.

Por exemplo, você já deu uma chance para os apps?

O Tinder é um dos mais usados, ou seja, dá para encontrar pessoas de todos os perfis por lá. Não custa nada experimentar para ver o que você acha.

Se curtir, graças ao nosso catálogo você pode trocar seus pontos e assinar o Tinder Gold, um plano que oferece vários recursos extras, como ver quem curtiu o seu perfil, dar super likes e conhecer pessoas de outras cidades.

O webnamoro dá certo? 

Webnamoro é um tema cercado por preconceitos, mas saiba que é possível tornar esse relacionamento saudável!

Quando você gosta da pessoa, é claro que você espera que o namoro vá para frente, não é? Pensando nisso, o webnamoro é como qualquer outro tipo de relacionamento.

Ninguém consegue prever o futuro de uma relação, se vai dar certo ou não. 

Como citado no tópico anterior, é preciso quebrar os preconceitos. Não acredite em quem diz que os relacionamentos virtuais têm menos chances de dar certo, pois isso não é verdade.

Como namorar pela internet com segurança?

Converse por vídeo

O papo por mensagem está legal? Ótimo! Mas fique sabendo que um dos princípios do webnamoro é fazer contato com a pessoa por vídeo. Além de ser um modo de interagir mais real, você tem mais segurança de que o outro é quem diz ser.

Isso porque, infelizmente, existem pessoas com más intenções que acabam inventando histórias para conseguir conquistar alguém. Por isso, tenha certeza de quem a pessoa é antes de se envolver.

Marque encontros em locais públicos

Outra dica importante é: nunca encontre a pessoa pela primeira vez na casa dela ou na sua. O primeiro date deve sempre ser um local público, principalmente se for você for mulher.

Talvez você se sinta até mais confortável e lide melhor com aquele frio na barriga. Depois de conhecer a pessoa pessoalmente, sentir confiança e criar intimidade, tudo bem.

Cuidado com os dados que você compartilha

Fique atento também aos tipos de perguntas que a pessoa faz. Informações sobre salário, dados pessoas e endereço da sua casa, por exemplo, não devem ser passados para alguém que você nunca viu na vida.

Em primeiro lugar, seu parceiro ou parceira não tem motivo para perguntar esse tipo de coisa. E, em segundo lugar, porque alguém pode estar se utilizando da proximidade para tirar alguma vantagem.

Se você tiver cuidado, é possível aproveitar muito bem as possibilidades que a internet oferece. Não é por que você está ficando em casa que não pode conhecer gente nova e se apaixonar de verdade.

Se interessou pelo assunto e está disposto a dar uma chance para um novo amor? Troque seus pontos pelo Tinder Gold através de nosso catálogo!

Quer saber mais sobre como ter uma rotina mais animada? Confira os tipos de entretenimento para se divertir em casa!

Publicado por Rivo Soares

Diretor de Operações da Easy Live. Executivo com mais de 20 anos de experiência em empresas de tecnologia nos mercados B2B e B2C. Engenheiro de Computação pela UERJ, com MBA em Marketing na ESPM e especializações em Digital na Columbia Business School e Inovação no IMD (Suíça), atuou em diferentes áreas, como Digital, Marketing, Vendas e TI.

Gostou?

Compartilhe

Deixe seu comentário