Este site utiliza cookies para lhe garantir uma melhor experiência. Você pode revisar as configurações de cookie do seu navegador.
compre com pontos
Parceiros

O que é voluntariado e como praticá-lo?

Doar o tempo a uma causa e ajudar ao próximo costumam ser objetivos para diferentes pessoas. Mas, afinal de contas, o que é voluntariado? Como ajudar o próximo pode, também, me ajudar? Como posso contribuir com a sociedade? 

Para ajudá-lo a responder a essas e outras perguntas, elaboramos um guia sobre voluntariado, os tipos de trabalho voluntário e também as diferentes formas de colaborar com organizações que contribuem com o futuro do planeta. Confira!

O que é voluntariado?

Voluntariado ou trabalho voluntário é quando uma pessoa se dispõe a contribuir com alguma causa ou atividade sem ter a necessidade de um retorno financeiro. É como se uma pessoa doasse seu tempo, suas habilidades ou mesmo sua dedicação para um determinado projeto, em busca de que isso gere um retorno para a sociedade como um todo.

Inúmeras organizações em todo o mundo podem realizar trabalhos incríveis, contando somente com a ajuda e a força de pessoas que doam seus serviços de forma voluntária. 

Algumas organizações, como a Cruz Vermelha e a Médicos Sem Fronteiras, atuam nos mais diversos países do mundo. Outras, como a Amigos do Bem e a Gatópoles – Adoção de Gatinhos, atuam de forma regional, no Brasil, mas ainda assim possuem um impacto grande nas áreas em que trabalham.

A seguir, confira um guia completo sobre voluntariado.

Conheça os 5 tipos de trabalhos voluntários existentes

Existem diferentes tipos de trabalho voluntário, que variam de acordo com a atividade desejada. Descubra abaixo alguns dos principais:

Turismo Social

No Turismo Social, a pessoa viaja para uma determinada região do mundo com o objetivo de conhecer uma nova cultura, mas também de contribuir com essa sociedade, por meio do trabalho voluntário.

Voluntário à distância

No voluntariado à distância, a pessoa não precisa estar fisicamente presente ou ir a um determinado lugar toda a semana. Ela pode ser uma voluntária virtual, atuando por meio do computador, por exemplo.

Cultura e educação

No voluntariado voltado à cultura e educação, a pessoa se dedica a doar seu tempo em atividades relacionadas a esses dois nichos.

Animais e Meio Ambiente

Proteger a natureza, o meio ambiente, os animais, como cães e gatos ou mesmo animais selvagens, são os objetivos de pessoas que se engajam no voluntariado voltado a animais e meio ambiente.

Esportes

Empoderar meninos e meninas por meio da atividade física ou devolver a idosos o vigor e a vontade de viver por meio de exercícios são alguns dos objetivos de quem trabalha com o voluntariado de esportes.

6 passos para fazer um trabalho voluntário

Agora que já sabe quais tipos de trabalho voluntário existem, veja abaixo como se engajar com uma organização para que tanto você quanto essa instituição possam se beneficiar do trabalho voluntário.

1. Defina seu objetivo com essa atividade

Quer fazer trabalho voluntário porque deseja praticar uma habilidade profissional, antes de entrar no mercado de trabalho? Quer ser voluntário em uma organização porque acredita na capacidade de impacto que ela tem na sociedade? Ou quer fazer trabalho voluntário para dar melhor uso a alguma habilidade única que você tenha? 

Existem diversos usos para um voluntário, dentro das diferentes organizações que trabalham com esse tipo de serviço. De tempos em tempos, elas abrem vagas para voluntários ou até aceitam a candidatura de pessoas a todo momento. 

Antes de se candidatar, é preciso refletir o que você deseja obter com esse voluntariado e em que tipo de atividades deseja se engajar. Isso é bom, pois ajuda a direcionar melhor sua energia, de acordo com aquilo que deseja fazer e com as necessidades do lugar com que vai contribuir. 

Assim, podemos delimitar as opções de trabalho voluntário e conseguir buscar uma oportunidade mais certeira, tanto para você, quanto para a organização.

2. Estude seus recursos

Agora que já sabe o que quer fazer com o trabalho voluntário, chegou a hora de estudar os recursos que você poderá oferecer para aquela determinada instituição. Acompanhe abaixo:

Tempo

Quanto tempo você tem disponível na sua agenda, para se dedicar às atividades do voluntariado? São algumas horas por semana ou apenas um dia no mês? 

É importante estudar sua agenda e rotina para definir isso corretamente, afinal de contas, trabalho voluntário é uma atividade que exige compromisso e responsabilidade. Não adianta se inscrever para ser voluntário e não poder participar das atividades por conta da falta de tempo.

Algumas organizações definem uma carga horária de trabalho voluntário que uma pessoa tem que seguir para participar do projeto. Tenha isso em mente ao estudar seus recursos.

Habilidades

Sabe tocar algum instrumento musical? É bom na hora de gerenciar redes sociais? Consegue ensinar os outros de uma forma didática e fácil? 

Essas habilidades únicas são extremamente valorizadas por organizações que dependem de voluntários e são ótimas para ajudá-lo a delimitar o tipo de trabalho que deseja fazer.

Pessoas com estudos em design gráfico, por exemplo, podem oferecer seus serviços a uma ONG como forma de trabalho voluntário, aproveitando para criar um portfólio de trabalho nesse meio tempo.

Saber quais são suas habilidades únicas também é uma forma de direcionar sua energia na hora de ser um voluntário.

Sem remuneração 

O trabalho é voluntário, por isso, não há nenhum tipo de suporte financeiro dado a quem se dedica a essas atividades. Antes de se comprometer com uma organização, é preciso saber se você possui condições de doar seu tempo, sem receber nada em troca. 

Leve em consideração gastos com transporte ou alimentação que você pode ter ao fazer as atividades da organização escolhida.

Algumas pessoas, por exemplo, não conseguem doar o tempo para serem voluntárias, mas conseguem apoiar organizações por meio de doações e de ajuda financeira constante. Checar o recurso do dinheiro é uma forma de entender melhor quais são suas capacidades.

3. Defina onde você quer realizar o trabalho voluntário

Agora que você já sabe o que quer com o trabalho voluntário e o que pode oferecer às organizações, chegou o momento de descobrir em quais delas deseja trabalhar.

Faça uma lista de projetos que chamam sua atenção e defina como gostaria de trabalhar com eles.

4. Pesquise por sites ou projetos que trabalham o voluntariado

Com a lista em mãos, pesquise se esses projetos que já chamaram a sua atenção trabalham, de fato, com voluntários. 

Determinadas organizações sem fins lucrativos ou mesmo não-governamentais, apesar de trabalharem com causas que têm impacto na sociedade, não atuam com o trabalho de voluntários, preferindo contratar pessoas para conduzir as atividades que são oferecidas.

Vale a pena fazer a checagem e descobrir se a instituição que mais te interessa de fato trabalha com voluntários.

5. Entre em contato com os projetos que o interessam

Sabendo o que você pode oferecer e quais são as atividades disponibilizadas pela ONG, é hora de contatá-los.

Você pode acessar o site e se inscrever ou mesmo escrever um e-mail informando que gostaria de ser voluntário e o que pode oferecer para a organização. Algumas estão aceitando voluntários a qualquer momento, enquanto outras realizam processos seletivos apenas em alguns momentos do ano.

Existem, ainda, organizações que aceitam voluntários, mas que requerem um treinamento ou curso antes deste voluntário ser colocado para trabalhar.

6. Trabalhe com a organização escolhida

Depois de seguir todos esses passos, é hora de trabalhar, de fato, com a organização escolhida. 

Lembre-se que, mesmo sendo voluntário, esse é um trabalho que requer responsabilidade e comprometimento.

Cumpra seus horários e realize as atividades que lhe foram designadas da melhor forma possível. Lembre-se que foi você que escolheu colaborar com essa organização e que é da sua competência dar o melhor para a instituição e para as pessoas que são afetadas diretamente por ela.

Benefícios do voluntariado

A seguir, veja alguns dos principais benefícios do trabalho voluntário:

  1. Desenvolver novas habilidades
  2. Ajudar o próximo
  3. Desenvolver-se pessoalmente
  4. Descobrir outras realidades
  5. Aprender com os outros
  6. Obter uma sensação de bem-estar

Parceiros da Easy Live que podem te ajudar a fazer o bem

Descubra os parceiros da Easy Live por meio dos quais é possível impactar a sociedade de uma forma positiva.

Causei.com

O causei.com é um site onde as pessoas podem buscar diversas oportunidades de trabalho voluntário em organizações que estão precisando de apoio e ajuda.

Uma vez que você encontre a oportunidade ideal, é só se cadastrar por meio da plataforma e realizar a atividade. Depois disso, poderá receber diversas recompensas em troca de seu tempo, como ingressos para ir ao cinema ou ao teatro e até receber entradas para ver shows de artistas diversos, que são facilitadas por meio da Easy Live.

Vakinha

O Vakinha é uma enorme plataforma que permite que as pessoas pratiquem crowdfunding em um ambiente seguro e que aceita diferentes formas de contribuição financeira. 

O crowdfunding é um termo em inglês que define a coleta de recursos de um determinado grupo de pessoas, aquilo que em português chamamos de “vaquinha”. 

No site, é bem comum encontrar projetos buscando ajuda financeira e existem, ainda, casos de pessoas que precisam de recursos por motivos relacionados à doenças ou despesas médicas.

São pessoas que conseguiram bolsas de estudos para estudar no exterior, mas não tem fundo para pagar uma passagem aérea. Gente que precisa comprar uma cadeira de rodas ou um aparelho auditivo novo. ONGs que estão em busca de ajuda financeira. 

Como o Vakinha faz parte do catálogo da Easy Live, você pode trocar os pontos acumulados em um programa de fidelidade de sua preferência por vouchers de contribuição que podem ser doados para uma atividade qualquer, desde que ela esteja disponível no Vakinha.

Essa é uma forma bem legal de contribuir com o próximo e com a sociedade sem precisar colocar a mão no bolso. 

Com essas duas organizações em mente, as possibilidades de fazer alguma coisa legal ao próximo, com a ajuda da Easy Live, são muitas. Aproveite e engaje-se com atividades de trabalho voluntário.

Gostou de aprender sobre voluntariado? Que tal ver também sobre como ter qualidade de vida trocando ponto?

Publicado por Gustavo Fontes

Coordenador de Marketing da Easy Live. Publicitário com mais de 13 anos de experiência em empresas de comunicação, varejo e tecnologia nos mercados B2C e B2B. Graduado na FACHA, pós-graduado em Marketing na ESPM, com experiência nas áreas de marketing, comercial, novos negócios e digital.

Gostou?

Compartilhe

Deixe seu comentário