Este site utiliza cookies para lhe garantir uma melhor experiência. Você pode revisar as configurações de cookie do seu navegador.
compre com pontos
Qualidade de vida

Confira atividades para fazer no mês da mulher!

Mais do que reconhecer as conquistas femininas ao longo da história, o mês da mulher é um período importante para refletir sobre como as mulheres cuidam de si mesmas.

Apesar de estarem sempre cuidando dos outros, a rotina acaba fazendo com que muitas deixem de olhar para dentro e de atender às próprias necessidades. 

Abaixo, você fica por dentro do que são as práticas de autocuidado e autorresponsabilidade e ainda confere sugestões de atividades para aproveitar tanto no mês da mulher quanto nos demais meses do ano!

O que é autocuidado?

Autocuidado significa cuidar de você mesma. Já parou para pensar se tem feito isso ultimamente? Por mais que existam várias preocupações na sua vida, fique sabendo que você deve se colocar em primeiro lugar.

É importante deixar bem claro aqui que autocuidado não quer dizer estar bem o tempo inteiro. Trata-se de ter disposição para se entender e buscar as melhores soluções para garantir o próprio bem-estar.

Para isso, é preciso voltar o olhar tanto para o corpo quanto para a mente com o objetivo de identificar o que eles precisam. Atitudes de autocuidado envolvem, por exemplo, abandonar hábitos prejudiciais à saúde, evitar situações de risco, prevenir-se de doenças, aproveitar momentos de lazer, entre outras.

Por que praticar o autocuidado?

O mês da mulher é um momento propício à reflexão sobre autocuidado. É comum que as mulheres desejem cuidar das pessoas que amam. Mas, é importante tomar cuidado para não esquecer do seu bem-estar. Afinal de contas, se você não estiver bem, não terá como fazer bem para outras pessoas. E cuidar de alguém não significa se sacrificar, ok?

Além disso, não pense que você está sendo egoísta. Não tem nada de errado em querer se dedicar a si mesma de vez em quando. Pelo contrário, em pouco tempo, vai ver o quanto o autocuidado é capaz de impactar a sua qualidade de vida.  

Como praticar o autocuidado?

Comece a praticar o autocuidado no mês da mulher e sinta os benefícios que ele pode trazer para a sua vida!

Antes tudo, é preciso ter consciência sobre a importância de desenvolver alguns hábitos que vão colaborar com a sua saúde física e mental. E, claro, ter paciência, já que nenhum hábito é adquirido de um dia para o outro.

Confira abaixo algumas dicas de autocuidado:

Faça atividades físicas

Se você não tem o hábito de fazer exercícios, aproveite o mês da mulher para começar. A prática de atividades físicas é uma excelente forma de melhorar o condicionamento, a qualidade do sono, combater o estresse, a ansiedade, etc. Portanto, vale a pena levar esse hábito para a vida toda.

Cuide da alimentação

A alimentação faz uma diferença enorme não só para sua saúde, mas também para como você se sente. Por isso, evite comer alimentos industrializados e processados, dando preferência a opções mais naturais e ricas em nutrientes.

Não deixe a vida social de lado

Você não precisa se isolar do mundo para conseguir focar em si mesma. Ter uma vida social também é importante. Valorize os momentos com as pessoas queridas, converse e se divirta sempre que possível.

Saiba dizer “não” para as pessoas

Essa é uma dificuldade que muita gente tem. Não se force a fazer o que não quer, não exija tanto de você e não se sinta obrigada a agradar ninguém. De vez em quando, é preciso aprender a dizer “não” sem se sentir culpada por isso.

O que é autorresponsabilidade?

Quantas vezes algo deu errado na sua vida e você se viu jogando a culpa em alguém ou uma situação? Isso é mais comum do que imaginamos. Culpar os outros costuma ser uma saída mais fácil, embora esteja longe de ser a melhor solução.

O que acabou de ser descrito aqui sobre transferência de culpa é o oposto de autorresponsabilidade. Como o nome diz, autorresponsabilidade é entender que você é o maior responsável pela sua vida. E, portanto, só você pode assumir as rédeas das situações que enfrenta, sejam elas positivas ou negativas.

Quem não acredita na importância da autorresponsabilidade acaba caindo na ideia de que todos são prisioneiros do destino. Esse pensamento coloca as pessoas em uma posição de passividade em relação à vida, fazendo com que elas não acreditem que podem fazer as próprias escolhas.

Por que praticar a autorresponsabilidade?

Sobretudo no mês da mulher, em que se fala bastante sobre empoderamento, a autorresponsabilidade ganha mais importância. Isso porque praticá-la significa se empoderar, fazendo mudanças significativas na vida em busca de equilíbrio e autonomia.

Apesar de nem tudo estar sob o nosso controle, os nossos comportamentos, atitudes, sentimentos e experiências estão. Assumir a responsabilidade sobre cada um deles ajuda você a ter uma vida mais equilibrada.

Quem não consegue viver de maneira autorresponsável corre o risco de enfrentar as mesmas dores ao longo da vida. Ao buscar culpados pelas coisas ruins que acontecem, as pessoas não aprendem com os erros, enfrentando dificuldades para ser feliz.

Como praticar a autorresponsabilidade?

Assim como no caso do autocuidado, a autorresponsabilidade também demanda algumas mudanças. Saiba que elas não são imediatas, mas surgem a partir do processo de assumir as rédeas da própria vida. 

Veja algumas dicas de como praticar a autorresponsabilidade:

Evite transferir a culpa

Esse é o princípio mais básico: pare de encontrar culpados para tudo o que acontece na sua vida. Tenha sempre em mente que você é a única responsável pelas decisões que toma.

Busque soluções ao invés de reclamar

Quando algo dá errado ou simplesmente não acontece como o planejado, não perca tempo reclamando. Ao invés de gastar energia com isso, busque soluções para os seus problemas.

Aprenda com os seus erros

Lembre-se que os erros não têm apenas um lado ruim e que todo mundo erra. Tente entender o que levou você a fazer certas escolhas ou tomar determinadas atitudes para evitar que os mesmos erros sejam cometidos no futuro.

Não se faça de vítima

Se fazer de vítima não ajuda em nada, só atrapalha. Afinal, é o contrário de assumir a responsabilidade pelas situações. Portanto, não se sinta alvo de nada, pois você não é.

Quais são os benefícios dessas práticas para a saúde?

Ao conhecer os benefícios do autocuidado e da autorresponsabilidade, você vai ficar ainda mais motivada para começar a incorporar essas práticas no mês da mulher e levá-las para a vida. 

Principais benefícios do autocuidado

Confira quais são os principais benefícios do autocuidado para, então, começar a praticá-lo. Acompanhe abaixo:

Melhor qualidade de vida

A mudança de hábitos é uma das condições do autocuidado. Trocar hábitos ruins por outros mais saudáveis é sinônimo de cuidar de si mesmo. Como consequência, a sua qualidade de vida melhora e muito!

Mais saúde e disposição

Cuidando, continuamente, do corpo e da mente, você ganha mais saúde e disposição para estudar, trabalhar e tocar outros projetos de vida. Não se engane achando que, com isso, está deixando quem mais ama. Pelo contrário, você vai ter mais energia para se dedicar às suas relações.

Amor próprio

Trabalhar o amor próprio é um dos maiores benefícios do autocuidado. E isso não deve ficar restrito apenas ao mês da mulher, mas deve estar sempre presente na sua vida. Ame você mesma antes de qualquer coisa ou de qualquer pessoa!

Principais benefícios da autorresponsabilidade

Acompanhe quais são os principais benefícios que a autorresponsabilidade pode te proporcionar. Confira abaixo:

Autoconhecimento

No mês da mulher, é importante repensar como está a sua saúde física e mental e fazer o possível para melhorar os seus hábitos.

Quando você se responsabiliza pelas suas atitudes e sentimentos, acaba se conhecendo melhor. Afinal de contas, precisa parar para refletir sobre as suas emoções, comportamentos e escolhas de vida.

Menos frustrações

Um dos pontos mais positivos da autorresponsabilidade é que você vai começar a lidar com menos frustrações. Isso porque entende as suas motivações para tomar alguma atitude, as razões pelas quais algo aconteceu e, portanto, não perde tempo se revoltando com o que não faz sentido.

Novas perspectivas

Ao se responsabilizar pelo que se passa na sua vida, você consegue transformar os obstáculos em oportunidades. Ao invés de ficar se lamentando porque alguma coisa ruim aconteceu, você passa a encarar os desafios e entender quais ensinamentos podem ser tirados de cada situação.

6 atividades para incluir na rotina sem gastar muito no mês da mulher

Que tal aproveitar o mês da mulher para se cuidar mais? Abaixo, estão algumas sugestões de atividades do catálogo da Easy Live que vão fazer você se sentir mais saudável, bonita e feliz.

O melhor de tudo é que não precisa colocar a mão no bolso para curtir essas experiências. Trocando seus pontos do cartão, é possível aproveitar ótimas atividades de lazer e bem-estar. Dá uma olhada:

1. Massagem

Aproveitar uma massagem é uma das atividades que você pode se dar de presente no mês da mulher e relaxar!

Já imaginou poder escolher entre três tipos de massagem profissional e não ter que desembolsar dinheiro por isso? É possível trocar os pontos que você possui em programas de fidelidade por uma massagem relaxante, modeladora ou drenagem linfática.

2. Comer no restaurante La Mar

Sair para almoçar ou jantar algo diferente de vez em quando também é uma prática de autocuidado. Com a Easy Live, você pode trocar seus pontos acumulados por vouchers de consumo no restaurante La Mar, na cidade de São Paulo. Aproveite!

3.  Viajar e se hospedar no Atlantica Hotels

Por que não dar a você mesma uma viagem de presente no mês da mulher? Nada como mudar de ares, conhecer lugares novos e gente diferente. Por isso, uma dica é trocar os seus pontos por crédito em hospedagem no Atlantica Hotels, presente em vários destinos brasileiros.

4. Fazer um tratamento facial

Cuidar da beleza é importante para manter a autoestima em alta e se sentir bem consigo mesma. Pensando nisso, outra opção interessante do catálogo Easy Live é o tratamento facial com máscara na clínica de bem-estar Auraclara.

5. Treino funcional

É importante sentir-se bem no mês da mulher e em todos os outros meses, então, também pratique exercícios físicos.

Aproveite a deixa do mês da mulher para começar a cuidar da sua saúde e praticar exercícios físicos. O treino funcional é uma ótima atividade para quem quer melhorar o condicionamento físico e entrar em forma. Sem contar que também pode ser uma experiência divertida.

6. Renovar o visual

Quando o assunto é beleza e autoestima, fazer algumas mechas, luzes, coloração ou mudar o corte de cabelo, de vez em quando, pode fazer um bem danado. Fique sabendo que até isso você encontra no catálogo da Easy Live. 

Qual dessas atividades você vai aproveitar no mês da mulher? Já conseguiu escolher? Não deixe de contar pra gente nos comentários!

Publicado por Eduardo Mariz

Gerente de Estratégia Digital da Easy Live. Administrador com mais de 10 anos de experiência em empresas de tecnologia nos mercados B2B e B2C. Graduado em Administração pela UFRJ, pós-graduado em Marketing na IBMEC, atuou em diferentes áreas, como comercial e marketing digital, data analytics e user experience.

Gostou?

Compartilhe

Deixe seu comentário